menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Justiça dá 10 dias para Sanasa entregar dados de funcionários a vereador

Tenente Santini diz que recebe denúncias de irregularidades e de funcionários fantasmas na empresa

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

15h10 - 22/05/2020

Atualizado há 4 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Justiça deu 10 dias para que a Sanasa entregue uma lista com os nomes, cargos e atribuições de todos os servidores da empresa ao vereador Tenente Santini (PP). O parlamentar disse que as informações contidas no site da empresa são insuficientes para fiscalizar as denúncias de supostas irregularidades no quadro de servidores da empresa, que tem 2.234 funcionários.

Quero fiscalizar essas informações porque recebo com frequência denúncias de desvios de cargos e de funcionários fantasmas na Administração Pública

Tenente Santini (PP), vereador

Essa é a segunda decisão do juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, Mauro Fukumoto, em relação à divulgação destes dados. Agora, ele acrescentou a entrega além dos nomes do número da matrícula dos servidores. Com isso, o parlamentar vai conseguir fazer a ligação entre nome, salário e cargo. O magistrado, no entanto, não determinou a divulgação destas informações no site da empresa, apenas a entrega para o vereador. No site, consta apenas o número da matrícula do funcionário.

“Não atende a necessidade do requerente que é vincular cada servidor, nominalmente, aos vencimentos por ele recebido”, escreveu Fukumoto na decisão.

Santini diz que a Sanasa tem sido usada para interesses políticos. “A Sanasa é uma empresa rica e inúmeras vezes é utilizada com fins políticos, padrinhando agentes partidários, fugindo do interesse público. Quem sabe essa ação pode ser o início da abertura da caixa preta. A Sanasa deveria reverter seu lucro exorbitante em diminuição da conta de água, uma das mais caras do país.”, disse o vereador.

Outro lado

Em nota, a empresa informou que “ainda não fomos comunicados dessa decisão. Assim que comunicada, a Sanasa tomará as medidas cabíveis”

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade