menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Entretenimento

Justiça do Rio ordena retirada do especial de Natal do Porta dos Fundos do ar

O desembargador na decisão se apoia na comunidade cristã brasileira

Nativa FM

17h51 - 08/01/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O desembargador Benedicto Abicair, da 6ª Câmara Cível do Rio de Janeiro, ordenou que o Netflix e a produtora Porta dos Fundos retirem do ar o “Especial de Natal Porta dos Fundos: A Primeira Tentação de Cristo”. O polêmico vídeo está na plataforma de streaming desde o final de dezembro.

A Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura já havia feito esse pedido na Justiça, que em primeira instância, negou o mesmo.

O especial do Porta dos Fundos tem 46 minutos e apresenta Jesus, interpretado por Gregorio Duvivier, prestes a completar 30 anos. Ao voltar pra casa, depois de uma viagem no deserto, se depara com uma festa de aniversário surpresa. Em sua chegada, Jesus está acompanhado de Orlando, feito por Fábio Porchat, que é seu namorado.

Essa sátira trazendo Jesus como gay desagradou diversos setores religiosos, que pediram a censura da produção, o que, em tese, ocorre agora com essa decisão. Abaixo a conclusão do desembargador:

“Por todo o exposto, se me aparenta, portanto, mais adequado e benéfico, não só para a comunidade cristã, mas para a sociedade brasileira, majoritariamente cristã, até que se julgue o mérito do Agravo, recorrer-se à cautela, para acalmar ânimos, pelo que concedo a liminar na forma requirida.”

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

relacionadas

publicidade
publicidade
publicidade