menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Justiça libera R$ 750 mil dos réus do Caso Ouro Verde para usar no combate ao coronavírus

Valor refere-se à primeira parcela do acordo de delação premiada feita com os réus

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

18h58 - 03/04/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) liberou nesta sexta-feira (03/04) uma verba de R$ 750 mil proveniente do acordo com os réus do Caso Ouro – denúncia de desvio de recursos públicos do Hospital Ouro Verde – para a Prefeitura de Campinas usar no combate ao coronavírus. O pedido foi feito pelo Ministério Público, órgão que denunciou o esquema corrupto no hospital público.

O valor refere-se à primeira parcela do acordo de delação premiada feita com réus Ronaldo Pasquarelli, Paulo Câmara e Daniel Câmara.

A prefeitura terá de prestar contas do uso do dinheiro e a verba, que já está disponível, numa conta vinculada na Justiça, só será liberada após “após a apresentação de projeto específico para a utilização da verba”.

Prefeitura

Em nota, a Prefeitura de Campinas informou que toda ajuda é bem-vinda. Ressaltou que está cobrando na Justiça ressarcimento de R$ 40 milhões da Vitale pelos prejuízos causados ao Hospital Ouro Verde.

O caso

O Gaeco – braço do Ministério Público que investiga o crime organizado – denunciou um esquema de desvio de verba no Hospital Ouro Verde. Vários secretários, servidores e os donos da Vitale – OS que fazia a gestão da unidade hospitalar – foram presos.



0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade