menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Lar São Vicente de Paulo, em Itapetininga, recebe kits de exame para Covid-19

Na cidade, são 85 pessoas acolhidas

Band Mais

08h59 - 13/07/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Os 72 funcionários do Asilo São Vicente de Paulo de Itapetininga começaram a realizar teste rápido contra Covid-19. A parceria é considerada inédita com os Vicentinos que possuem 35 mil idosos espalhados em 600 unidades no Brasil. Em Itapetininga, são 85 pessoas acolhidas. O Abrigo da Congregação Cristã também será atendido.

“Com o teste rápido nos funcionários poderemos bloquear uma possível contaminação com os assistidos”, reiterou a prefeita. A preocupação se baseia em estudos científicos em que o público idoso é onde se concentra a maior taxa de mortalidade, já que podem possuir doenças crônicas, como hipertensão, diabetes ou obesidade que os tornam mais frágeis no enfrentamento da pandemia. “É mais uma parceria em defesa da saúde”, informa a prefeita Simone Marquetto

Na rede da instituição, foram constatadas 56 unidades no país com problemas relacionados à doença, mas nenhum em Itapentinga. De acordo com o médico Luis Antônio Orsi Bernardes, que trabalha na entidade, os funcionários com sintomas da Covid-19 são afastados por 14 dias e devem apresentar dois exames negativos para o retorno. Ele explicou que é importante identificar precocemente o vírus.

“Nossa preocupação é sua alta transmissibilidade”, acrescentou o médico. O gerente administrativo Adriano de Souza Santos explicou que a instituição adotou, desde o início da pandemia, medidas preventivas, como lavar as mãos regularmente, uso de álcool em gel, medição de temperatura de todos que entram no local, uso de avental diferente, dois quartos de isolamento e suspensão de visitas. Com isso, nenhum caso foi registrado.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias