menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Mãe de Isis Helena vai ficar presa por mais 5 dias

Advogado renunciou ao caso; corpo da menina ainda não foi encontrado

Band Mais

18h01 - 21/04/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Jennifer Natália Pedro, de 21 anos, mãe da menina Isis Helena, que completaria dois anos nesta terça-feira (21), vai ficar presa por mais cinco dias. A Justiça aceitou o pedido de prorrogação da prisão temporária feito pela Polícia Civil de Mogi Guaçu, que concentra as investigações.

Equipes da Defesa Civil de Itapira e Mogi Mirim voltaram neste feriado ao Rio do Peixe, no ponto em que a mãe disse que jogou o corpo sem vida de Isis.

“Fizemos uma varredura detalhada, de quase seis quilômetros. Em alguns momentos descíamos do barco para verificar se o corpo não estava no fundo, preso em algum lugar. Infelizmente não tivemos sucesso”, afirmou o coordenador da Defesa Civil, Ronaldo Ramos.

João Pellisser renunciou ao cargo nesta terça-feira.

Ao mesmo tempo em que as buscas eram feitas, o então advogado de Jennifer teve uma conversa de 20 minutos com a detenta, que está na Penitenciária Feminina de Mogi Guaçu.

João Pellisser confirmou o depoimento dado pela mãe à Polícia Civil de que, quando acordou no dia 2 de março, encontrou a menina morta, e, com medo do que poderia acontecer, jogou a criança no Rio do Peixe.

“Quando assumi o caso, em 4 de março, a mãe me disse que não tinha cometido nenhum crime e que não estava envolvida no desaparecimento da garota. Como sempre faço, assinamos um termo de depoimento. Se isso não se confirmasse em algum momento, haveria a quebra de confiança entre cliente e advogado, e eu renunciaria. E foi o que aconteceu”, disse o advogado.

Pellisser também disse que a mãe negou, mais uma vez, ter participado da morte da criança. Nesta segunda-feira (20), em conversa com a equipe do BandMulti, o agora ex-defensor de Jennifer considera que o caso foi “um acidente”.

Não há informação se uma nova defesa vai assumir o caso. A mãe segue detida em Mogi Guaçu.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

relacionadas

publicidade
publicidade
publicidade