menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Ministério Público recomenda e Salto de Pirapora revoga decreto que relaxava quarentena

Está suspenso o atendimento presencial ao público em estabelecimentos não essenciais

Band Mais

17h33 - 30/04/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Atendendo a recomendação expedida pelo Ministério Público de São Paulo, a Prefeitura de Salto de Pirapora revogou o decreto municipal que tinha liberado o funcionamento de determinadas atividades comerciais e de prestação de serviços durante a pandemia. A medida do Executivo local levou em consideração as determinações estaduais estabelecidas com o objetivo de conter a disseminação da Covid-19. 

Assim, o Decreto Municipal número 6513/2020 suspende, por exemplo, o atendimento presencial ao público em estabelecimentos não essenciais, assim como o consumo em bares e restaurantes. Supermercados e afins só podem manter as portas abertas até as 20 horas, e todos os comércios autorizados a funcionar deverão fornecer e exigir o uso de máscara, assim como disponibilizar álcool em gel 70%, entre outras providências.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade