menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Ministro da Educação pede demissão em menos de uma semana no cargo

Polêmicas com relação ao currículo levaram Carlos Alberto Decotelli a entregar carta de demissão ao presidente

Band Mais

16h45 - 30/06/2020

Atualizado há 6 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Não durou uma semana a nomeação do novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli. Anunciado na última quinta-feira (25), ele entregou sua carta de demissão na tarde desta terça-feira (30), ao presidente Jair Bolsonaro.

As polêmicas envolvendo informações falsas no seu currículo começaram a surgir assim que nomeado. Duas instituições de ensino afirmaram que Decotelli não teria os títulos que apontava ter. Também houve a acusação de plágio em sua dissertação de mestrado.

As revelações tornaram a situação do ministro insustentável e por isso, ele pediu demissão cargo. Bolsonaro aceitou a carta após conversar com Decotelli. Na noite de ontem (29), o presidente chegou a postar elogios ao professor em seu Twitter.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias