menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Moradores de rua resistem e não vão a abrigos durante a pandemia

Campinas tem 822 pessoas nas ruas, mas apenas 24 estão em abrigos

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

11h05 - 22/05/2020

Atualizado há 2 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Quase dois meses depois de o prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), que iria retirar os moradores de rua das vias da cidade devido à pandemia do coronavírus, a situação permanece praticamente a mesma. O grupo resiste em ir para os abrigos que foram montados pela Prefeitura de Campinas.

A cidade tem 822 pessoas que vivem nas ruas. Desde grupo, 20 deles estão no abrigo do Ceprocamp e outros quatro sintomáticos de covid-19 estão no abrigo Zilda Arns.

O prefeito disse que não faríamos (a retirada das ruas) compulsoriamente e que iríamos ofertar a possibilidade de acolhimento. Se já há resistência na população para fazer o isolamento, imagine no meio desta população. Vamos continuar com a política do convencimento para levá-los para os abrigos”

Elaine Jocelaine Pereira, secretária de Assistência Social

Segundo ela, a contratação dos 25 agentes sociais irão trabalhar com essa população.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade