menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Morre Gugu Liberato, aos 60 anos

Apresentador caiu de uma altura de quatro metros

Nativa FM

22h21 - 22/11/2019

Atualizado há 6 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Morreu nesta sexta-feira (22), o apresentador Augusto Liberato, o Gugu, aos 60 anos. A informação foi confirmada em nota assinada por familiares e funcionários de Gugu e divulgada pela assessoria de imprensa do apresentador:

“Este é um momento que jamais imaginamos viver. Com profunda tristeza, familiares comunicam o falecimento do pai, irmão, filho, amigo, empresário, jornalista e apresentador Antônio Augusto Moraes Liberato (Gugu Liberato), aos 60 anos, em Orlando, Florida, Estados Unidos. Nosso Gugu sempre viveu de maneira simples e alegre, cercado por seus familiares e extremamente dedicado aos filhos. E assim foi até o final da vida, ocorrida após um acidente caseiro”

Gugu estava em sua casa na noite desta quarta-feira (20), em Orlando, no estado da Flórida, nos EUA, quando sofreu uma queda, de aproximadamente quatro metros de altura, batendo a cabeça em uma quina. Ele estava no telhado da casa tentando arrumar o ar-condicionado.

O apresentador foi levado pela sua mulher, Rose Miriam, e um amigo que cuida da casa dele, em estado muito grave para o hospital. Na unidade de saúde, Gugu foi constatado com traumatismo craniano.

Estavam na casa no momento da queda os seus filhos, João Augusto, de 17 anos, e as gêmeas Sofia e Marina, de 15 anos.

A mãe de Gugu, Dona Maria do Céu, de 90 anos, embarcou ontem de manhã para Orlando. Ela chegou e foi direto para o hospital em que o filho estava internado.

Diversos amigos do apresentador, incluindo a jornalista Patricia Maldonado e o diretor Homero Salles, foram para o hospital. No local, a equipe preparou uma sala para receber o pessoal que chegava.

Segundo informações, a notícia sobre morte cerebral do apresentador teria chegado à Record TV ontem à tarde. A emissora interrompeu a programação para anunciar a morte do apresentador, hoje, às 21h, horário de Brasília.

Ainda não há detalhes do translado do corpo do apresentador para o Brasil.

A CARREIRA

Nascido em 10 de abril de 1959, o filho de portugueses Antônio Augusto Moraes Liberato, se tornaria um dos maiores comunicadores da TV brasileira.

Gugu Liberato, como era chamado, começou na televisão com 14 anos, na função de assistente de produção do programa “Domingo no Parque”, apresentador por Silvio Santos, no SBT.

E foi na emissora do Dono do Baú que Gugu fez fama. Ele comandou programas que marcaram a história do canal e da TV brasileira. Gugu esteve à frente de sucessos como o “Viva a Noite”, “Sábadão” e “Sábadão Sertanejo”, e o maior da sua carreira, o “Domingo Legal”.

Este programa inclusive travava uma “batalha” todos os domingos pela audiência com o “Domingão do Faustão”. Gugu com o seu “Domingo Legal” ficou por diversas vezes em primeiro lugar da audiência, conquistando vitórias consecutivas sobre o colega da Globo.

O “Domingo Legal” foi responsável pelo lançamento de diversos artistas nacionais, principalmente do pagode e axé, ritmos que dominavam o cenário musical nos anos 90. Quadros como a “Banheira do Gugu” e cenas épicas como as apresentações da cantora e atriz Thalia, que interpretava a personagem Maria do Bairro, a visita do ator Jean Claude Van-Damme, a busca pelo “Chupa-Cabra” e uma das últimas apresentação do Mamonas Assassinas na TV fizeram parte da história do programa.

Em 2009, Gugu deixou o SBT assinando um contrato milionário com a Record TV. Na nova casa, o apresentador iria ganhar R$ 3 milhões por mês e estrou no comando do “Programa do Gugu”.

Hoje, Gugu Liberato era o apresentador dos reality shows “Power Couple” e “Canta Comigo”, este último em exibição, mas com todos os seus episódios gravados e exibição da final programada para o dia 14 de dezembro.

Surgiram notícias de que a Record TV planejava aumentar a participação de Gugu na programação, com novos projetos para o ano de 2020.

Infelizmente, hoje, a televisão brasileira e o povo brasileiro, que por várias vezes passou o seu domingo ou suas noites de sábado em sua companhia, estão de luto. Obrigado, Gugu!

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade