menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

MP de Vinhedo pede suspensão da flexibilização do comércio

Volta às atividades econômicas

17h27 - 24/04/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O Ministério Público de Vinhedo pediu liminar à Justiça para suspender a reabertura do comércio de atividades não essenciais autorizada por meio de decreto do prefeito de Vinhedo, Jaime Cruz (PSDB), na última quarta-feira (22/04). A Promotoria alega que há riscos à saúde pública e que o sistema de saúde fica vulnerável. A cidade tem uma morte confirmada por covid-19.

Pelo decreto do prefeito voltaram a funcionar comércios como, por exemplo, clínicas veterinárias, institutos de beleza, cabeleireiros, barbearias.

Na ação, a Promotoria afirma que não há sequer equipamentos de segurança para os profissionais da saúde, como máscaras.



0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade