menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

MP manda fechar igrejas e restringe horário de comércio em Paulínia

Comércio vai funcionar quatro horas e igrejas fecham a partir desta sexta-feira (26/06)

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

19h20 - 25/06/2020

Atualizado há 4 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O MP (Ministério Público) de Paulínia recomendou ao prefeito da cidade Du Cazellato (PL) que suspenda os cultos e missas e obedeça o decreto do Estado que determina a abertura do comércio em apenas quatro horas e com capacidade de 20%. A cidade liberou o funcionamento de atividades que estão fora do decreto do governador João Doria (PSDB) como salões de beleza e barbearias. A prefeitura vai cumprir e as restrições começam a partir desta sexta-feira (26/06).

O pedido assinado pelos promotores Verônica Silva de Oliveira, André Perche Lucke e Fernanda Elias de Carvalho Lucci, tem o objetivo de reduzir a disseminação do coronavírus na cidade. Paulínia tem 10 mortes e 565 casos confirmados da doença.

Com a nova decisão, lojas do centro e dos shoppings vão funcionar durante quatro horas por dia e devem ter a capacidade de 20% de pessoas. Atualmente não há restrições de horário e público.

Salões de beleza, barbearias e academias de ginásticas estão com as atividades suspensas.

A abertura de restaurantes, bares e lanchonetes também devem permanecer fechadas. Neste grupo, devem funcionar apenas os serviços de delivery.

O decreto assinado pelo prefeito vale por 15 dias.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade