menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Novos leitos de UTI não reduzem pressão e Campinas tem apenas 4 leitos livres para pacientes com covid-19

Cidade está com 90,16% da taxa de ocupação

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

16h40 - 24/06/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A ampliação de novos leitos de UTI não está conseguindo reduzir a demanda por leitos em Campinas. Nesta quarta-feira, a cidade tem apenas quatro leitos livres do SUS para pacientes com covid-19. A ocupação chegou a 90,16% – a maior desde o início da pandemia. A demanda está alta devido ao crescimento do número de casos e mortes por coronavírus. A cidade tem hoje 253 mortes e 6.415 casos confirmados da doença.

Dos 356 leitos de UTI exclusivos para pacientes com coronavírus nas redes pública e privada, 321 estão ocupados.

No SUS municipal, que tem os hospitais Ouro Verde e Mário Gatti, não há mais leitos disponíveis. Os 123 estão com pacientes internados.

Dos 76 leitos do SUS Estadual, que reúne o HC da Unicamp e o AME (Ambulatório Médico de Especialidades), 72 estão com pacientes, o que corresponde a uma ocupação de 95%.

Na rede privada a ocupação também continua em alta. Dos 157 leitos, 126 estão ocupados, o que equivale a 80%.

No geral, a cidade tem 35 leitos disponíveis quando somados os da rede pública e privada.

1 Comentário

Deixe uma resposta para Luis Cláudio Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
  • Luis Cláudio disse:

    A pergunta é , Pacientes so de Campinas. Precisamos ajudar mas antes de cobrar o povo de Campinas apenas. Falando que é o comercio aberto, as pessoas nas ruas. Não que esteja correto mais para sermos mais coetente nesta porcentagem. Pois acho que culpar o povo depois de toda roubalheira que nossos governantes fizetam é facil.

publicidade
publicidade
publicidade