menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Número de casos de dengue dobra em Campinas

Cidade está com 359 casos confirmados

Blog da Rose

12h52 - 11/03/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O número de casos de dengue em Campinas mais que dobrou em Campinas em menos de um mês. A Secretaria de Saúde confirmou 359 casos. O último boletim, divulgado no dia 14 de fevereiro, apontava 154 doentes. O crescimento é de 133%. Os 359 casos referem-se ao período de 1º de janeiro a 10 de março de 2020.

De acordo com a Saúde, a incidência é de 29,9 casos por 100 mil habitantes.  

A região mais atingida é a Norte, com 114 confirmações. Na região Sudoeste são 70 casos da doença. Na Leste, são 58; na Noroeste, 56; e na Sul, 53. Oito casos não tiveram a região identificada.

Criadouros

Levantamento Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) aponta que 80% dos criadouros estão dentro de casa.  A orientação é para que cada cidadão faça a destinação correta dos resíduos para evitar os criadouros do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika.

Nesta semana, a Prefeitura intensificou as ações de controle da dengue nos bairros Jardim São Marcos, Vila Esperança, Residencial Terras de Barão, Vila Formosa, Vila São Jorge, Vila Aeroporto, DIC VI, Jardim Cristina, Satélite Íris IV e Vila Perseu Leite de Barros, que no momento são áreas com maior risco de transmissão da doença. “A população destes bairros deve mais do que nunca controlar os criadouros que existam em casa. Se manifestarem algum sintoma, como febre alta, dor muscular, fadiga, manchas vermelhas pelo corpo, náusea, vômito, entre outros, devem procurar o centro de saúde mais próximo ou um médico de confiança”, afirma a diretora do Devisa, Andrea von Zuben. 



0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

relacionadas

publicidade
publicidade
publicidade