menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

O quanto você vai gastar no Carnaval?

Planejamento para momentos de diversão é essencial

Band Mais

19h15 - 20/02/2020

Atualizado há 4 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Chegou o Carnaval! Muita diversão, mas quanto gastamos nessa época? Será que mais do que podemos?
A economista e professora na Esamc Sorocaba, Carla Giuliani, comenta que planejamento para a época é sim necessário, caso contrário, segundo ela, aquela tradicional marchinha de Carnaval “Me dá um dinheiro aí” pode ser muito cantada.
Fazer esse planejamento, de acordo com Carla, é algo simples e tudo começa com a elaboração de uma lista com possíveis custos. “Gastamos no Carnaval, geralmente, com viagens, muitas delas decididas por impulso, e vejo que a grande maioria das pessoas não faz a conta de quanto gastará com hospedagem, se vai utilizar dinheiro ou cartão de crédito, quanto será o custo com alimentação, com combustível, revisão do veículo”, afirma.
A economista disse que, em época de feriado prolongado, com característica mais voltada ao turismo como o Carnaval, os preços geralmente sofrem alteração.
Outro ponto citado por Carla é que, neste ano, o Carnaval será praticamente no final do mês, momento em que, para muitos, o salário já está no fim e, sem planejamento, o mês de março já começa com endividamento.
 
Mês sem dívidas
 
Como mantemos um mês com tranquilidade na área financeira? Segundo Carla, o primeiro passo é colocar no papel o quanto a pessoa recebe; em seguida, fazer lista dos gastos essenciais, como alimentação, pagamento de aluguel, prestação da casa própria, contas de água, luz e telefone celular, além de outras obrigações. “Essas despesas não devem ocupar mais do que 50% da sua receita. Depois, 30% devem ser gastos com o que você precisa, mas não é considerado essencial, como TV a cabo. Para os supérfluos, reservar 10% e outros 10% têm que guardar”, explica.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade