menu 25-anos
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Obra de esgoto no San Conrado gera protesto contra derrubada de árvores

Moradores querem encontrar uma alternativa menos destrutiva ao meio ambiente

Blog da Rose

16h56 - 28/01/2020

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Alguns moradores do condomínio San Conrado, em Sousas, protestaram na manhã desta terça-feira (28/01), contra a retirada de árvores numa mata ciliar para a colocação de uma rede de esgoto para o loteamento. A polícia florestal chegou a ir até o local. Os moradores querem suspender a obra até conseguirem uma reunião com a direção da Sanasa. Segundo eles, querem a obra sanitária, mas de forma menos destrutiva.

Apesar de ter licença para a obra, diante das queixas dos moradores, a Sanasa decidiu suspender os trabalhos nesta terça-feira.

Segundo os moradores, os tratores derrubaram árvores e abriram uma passagem de mais de 4 metros de largura. “Será que não tinha um método menos destrutivo”, questionou Paulo Introine, morador do condomínio.

Rua aberta após derrubada da vegetação

Os moradores irão numa reunião na noite de hoje no Congeapa – Conselho Gestor da APA de Sousas. Eles dizem que não houve consulta junto aos moradores sobre as obras. No período da manhã, uma comissão de moradores foi até o local das obras e o tratorista decidiu parar diante das queixas. Uma pessoa responsável pela obra este no local e mostrou a licença para os moradores.

Árvore derrubada para obra de esgotamento sanitário

Outro lado

A Sanasa informou que a área é uma uma viela sanitária e a rede de esgoto passará no local para atender todo o condomínio. Informou que toda a obra está licenciada e autorizada pela Cetesb.

A assessoria informou que toda obra que gera impacto ambiental como essa, a empresa promove uma compensação. Neste caso, o passivo ambiental do San Conrado está sendo cumprido na região do Jardim Miriam, onde foram plantadas mais de 20 mil mudas de árvores.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

relacionadas

publicidade
publicidade
publicidade