menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Ônibus voltam a circular em Votorantim

Paralisação do transporte público começou no final de semana

Band Mais

08h41 - 21/04/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Após a paralisação no final de semana e operação de apenas algumas linhas, ônibus da empresa Grupo São João voltam a circular em Votorantim, após acordo, na tarde de segunda-feira (20/04).

Durante a manhã de segunda-feira (20/04), foi realizada reunião na Prefeitura de Votorantim, com representantes do Executivo, do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região e do Grupo São João. O prefeito Fernando de Oliveira Souza apresentou aumento do subsídio à operadora do transporte, a qual aceitou a proposta e entrou em acordo com o sindicato. 

Durante a reunião, segundo informações da Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Votorantim (Secom), o prefeito ressaltou que compreende a crise econômica gerada pela pandemia do novo coronavírus e as dificuldades financeiras que o Grupo São João vem enfrentando em consequência da queda absoluta no índice de ocupação dos ônibus. “Nós fomos pegos de surpresa com a paralisação e, imediatamente, fizemos estudos para tentar auxiliar com um subsídio ainda maior, para que a população não seja prejudicada”, explicou o prefeito. A medida será possível graças a estudos financeiros e jurídicos que estão sendo realizados pelo governo municipal. 

O diretor-executivo do Grupo São João, de acordo com a Secom, Marco Antonio Franco, aprovou a proposta do prefeito de imediato e afirmou que as principais linhas voltarão a operar na cidade. “Agradecemos o apoio e a rápida resposta dada pela Prefeitura ao problema. Nós realizamos a paralisação porque não houve um acordo inicial com o sindicato e haveria colapso financeiro”, explicou. 


Sindicato fecha acordo com empresa São João

Em nota, na tarde de segunda-feira (20/04), em nota, o Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região afirma que representantes do sindicato e Grupo São João chegaram a um acordo que garante aos trabalhadores pagamento do piso salarial e preservação de direitos e empregos.O sindicato realizou no início da noite uma assembleia, no estacionamento da entidade, com os trabalhadores no Grupo São João dos transportes urbano, intermunicipal e fretamento e aprovou o acordo formulado na mesa de negociação.

O acordo aprovado prevê que a empresa irá aderir à Medida Provisória 936, com redução de jornada e de salário nas porcentagens de 50% e 70% ou suspensão de contrato de trabalho em alguns casos. E adesão ao Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda, que irá garantir ao trabalhador o pagamento da outra porcentagem do salário pelo governo federal na porcentagem restante sobre o valor do Seguro Desemprego.

Além desses valores, a empresa irá pagar como abono o valor da diferença entre o piso salarial da categoria e o valor que o trabalhador irá receber da empresa e do governo. Sendo que o pagamento será feito da seguinte forma: 50% junto com o salário de abril e os outros 50% dividido em seis parcelas iguais, iniciando em agosto.

Os trabalhadores irão receber vale refeição conforme os dias trabalhados e o acordo garantiu a manutenção do plano de saúde, da cesta básica e outros direitos assegurados pelo acordo coletivo de trabalho da categoria. A PLR será paga em dezembro, conforme determina a MP 936.

A Prefeitura Municipal de Votorantim, segundo nota do sindicato, definiu que, durante perdurar o período de calamidade pública, irá subsidiar o Grupo São João com um aporte no valor de R$ 200 mil por mês.

O acordo fechado hoje terá duração de 30 dias, prorrogáveis por mais 30 dias ou até quando a pandemia durar. O acordo vale para o urbano de Votorantim, intermunicipal e fretamento. Não está no acordo urbano e escolar de Salto de Pirapora e São Miguel Arcanjo, o quais o Sindicato e empresas continuarão a negociar.

Cida Haddad/ Eko Digital

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade