publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Operação contra fraudes na Saúde prende advogado em Campinas

Em Jundiaí foi apreendido um avião cessna

Rose Guglielminetti, Band Mais

10h35 - 29/09/2020

Atualizado há 5 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Um advogado foi preso na manhã desta terça-feira (29/09) em Campinas dentro da Operação Raio X que investiga fraudes na Saúde no Pará. Na cidade, também foi apreendido dinheiro em espécie que ainda não foi contabilizado. Em Jundiaí, os policiais apreenderam um avião Cessna que era utilizado pela quadrilha. Também estão sendo feitas buscas em Paulínia.

Na região, a operação está sob a coordenação do delegada do Deic, Oswaldo Diez.

O advogado foi levado para a DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Campinas.

A operação tem origem no Pará. Tanto que o governador Helder Barbalho (MDB) é alvo de buscas da PF na operação que que investiga supostos desvios em contratos para a gestão de hospitais do estado. Dois secretários e um assessor do governador foram presos. São eles:Parsifal de Jesus Pontes (secretário de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia), Antonio de Padua (Secretário de Transportes) e Leonardo Maia Nascimento (assessor de gabinete).

De acordo com a PF, mira 12 contratos firmados entre o governo do Pará e organizações sociais para gestão de hospitais públicos do estado. Estão incluídos os hospitais de campanha instalados para atender pacientes com coronavírus.

Estão sob a mira contratos que somam R$ 1,2 bilhão. O Ministério Público Federal investiga as irregularidades e os crimes apurados são fraude em licitações, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
Mais notícias