menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe

Cesar Greco/ Ag. Palmeiras/ Divulgação

Esporte

Palmeiras se manifesta após agressão à esposa de Bruno Henrique

Equipe segue sob pressão após o Flamengo abrir 10 pontos de vantagem na liderança do Brasileiro

Carlos Giacomeli, Band Mais

11h43 - 21/10/2019

Atualizado há 8 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A pressão sobre o Palmeiras resultou em mais um fato triste na tarde de ontem, em Curitiba. Após o empate da equipe em 1 a 1 contra o Atlético-PR.

Na saída da Arena da Baixada, Bhel Dietrich, esposa do volante, foi reconhecida, xingada e empurrada por um grupo de torcedores do Palmeiras. Ela estava com uma criança e um senhor.

Essa não é a primeira vez que torcedores pressionam o jogador. Após a partida contra o Flamengo, um torcedor insultou o atleta enquanto o casal caminhava em São Paulo. A esposa voltou e encarou o torcedor, dizendo que eles estavam de folga e que se o torcedor quisesse xinga-lo, que deveria ir ao jogo.

O Palmeiras emitiu nota após o ocorrido. Disse que “repudia veementemente o deplorável e constrangedor episódio” e que “é inadmissível que aconteçam situações lamentáveis envolvendo ataques de supostos torcedores a atletas, comissão técnica, dirigentes e seus familiares. O clube está dando todo o suporte necessário ao jogador e sua família”.

O Verdão é vice-líder do Campeonato Brasileiro, com 54 pontos – 10 a menos que o líder Flamengo, restando 11 rodadas para o fim da competição.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade