menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Para evitar demissões em massa, comércio e indústria de Campinas pedem suspensão de impostos

Entidades querem que prefeitura suspenda a cobrança de IPTU e ISS por 90 dias

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

12h12 - 02/04/2020

Atualizado há 5 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Um movimento que reúne várias entidades que representam o comércio e a indústria de Campinas enviou nesta quarta-feira um documento ao prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), pedindo a suspensão de pagamento de impostos e isenção de taxas durante um período de 90 dias. Com a quarentena há queda na receita e risco de demissões. Para eles, a suspensão dos impostos impediriam o fechamento de vagas.

Eles pediram a suspensão do pagamento do IPTU e ISS, isenção das taxas de renovação do alvará e de desligamento da Sanasa para empresas que desejam cancelar o serviço e adiamento do prazo de vencimento do Refis (programação de renegociação de dívidas).

O documento, encaminhado pela presidente da Acic, Adriana Flosi, é assinado pelos representantes dos seguintes setores – Ciesp, Abrasel, ACEMDD (Associação Campineira de Empresas de Design e Decoração), ACIC (Associação Comercial e Industrial de Campinas), Associação Avança Campinas, Campinas e Região Convetion & Visitors Bureau, ABIH (Associação Brasileira de Hotéis do Estado de São Paulo), Polo Arqdec, Sescon Campinas, Sindivarejista, Sindicato dos Despachantes Aduaneiros de São Paulo, Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Campinas e Sindlojas (Sindicato dos Lojistas do Comércio de Campinas).

Queda

O prefeito disse, na semana passada, que prevê uma queda na receita de 30% devido ao fechamento do comércio. Como essa previsão é para o mês de abril, a tendência é que, em maio, o percentual de redução da receita seja ainda maior.

A previsão da prefeitura era receber R$ 1,1 bilhão de ISS e R$ 926,9 milhões de IPTU.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade