menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Puxador para abrir porta evita contágio e propagação de vírus em locais públicos

Produto utiliza os pés ao invés das mãos

Band Mais

15h55 - 11/07/2020

Atualizado há 29 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Uma peça de nylon, que é colocada na parte inferior de portas e portões de áreas públicas que possibilita o uso dos pés, evitando o toque em maçanetas, tem sido incorporada para evitar a propagação do coronavírus. Chamado de “100TOK”, o puxador desenvolvido pelo designer Hermes Santos, foi instalado, por exemplo, no Hospital de Campanha de Itú.

Produto evita contato das mãos com maçanetas

Segundo o designer, esta peça é uma solução para evitar contágios de vírus e bactérias, não só neste momento de pandemia da covid-19  Por ser instalada na parte inferior da porta, a peça é ideal para projetos corporativos e onde há grande circulação de pessoas, uma vez que a abertura da porta é feita pelo pé sem a necessidade de se usar as maçanetas que são peças altamente contagiosas.

A sua empresa já produz cerca de mil peças por dia. “Já estava no meu planejamento fabricar este produto no Brasil para o mercado corporativo, hoteleiro, hospitalar, gastronomia e para locais onde há grande fluxo de pessoas circulando como aeroportos, rodoviárias, museus, universidades”, diz Hermes Santos. “Infelizmente, o cenário atual, me fez adiantar os investimentos e começar a produzir o mais rápido possível para atender a demanda”, conclui o empresário.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade