menu 25-anos
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Pesquisa do Procon aponta variação de 352% no preço de material escolar

Valor do giz de cera Big 6 unidades, da marca Acrilex, varia entre R$ 2,65 e R$ 12,00, nos estabelecimentos de compras de Campinas

Prefeitura de Campinas, Band Mais

15h54 - 10/01/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O Procon de Campinas divulgou uma pesquisa de preços de materiais escolares para orientar pais, alunos e responsáveis durante a da compra dos produtos que serão usados na volta às aulas. O levantamento foi realizado em oito estabelecimentos, nos dias 9 e 10 de dezembro.  A pesquisa completa, com os produtos e respectivas análises, pode ser acessada no site do Procon, em https://procon.campinas.sp.gov.br/.  

O Procon pesquisou 257 produtos, divididos em 25 categorias. Entre os produtos estão cadernos, lápis preto, giz de cera, massa de modelar, caneta, marca texto, borracha, corretivo, cola, papel sulfite etc.  O produto que teve maior variação – 352,83% – foi o giz de cera Big 6 unidades da marca Acrilex. O menor preço encontrado foi R$ 2,65 e o maior R$ 12,00. O apontador também teve variação significativa, 350%, oscilando de R$ 1,00 para R$ 4,50. Outro produto que merece atenção é o caderno universitário capa dura 10 x 1 de 200 folhas Tilibra Verão. A variação foi de 257,97% e os preços encontrados ficaram entre R$ 6,90 e R$ 24,70.  

Estratégias  

“É importante que os pais pesquisem e tentem negociar descontos nos estabelecimentos. Nossa equipe identificou diferenças significativas de preços entre os estabelecimentos pesquisados, ou seja, vale a pena fazer o levantamento antes de fechar a compra”, disse a diretora do Procon de Campinas, Yara Pupo. “Outra dica é tentar fazer compras coletivas, com outros pais, o que pode garantir, por conta da quantidade, um desconto maior.”   A diretora orienta também que os pais fiquem atentos ao que as escolas podem pedir na lista de material escolar. “As escolas podem pedir apenas os materiais que são utilizados para as atividades pedagógicas diárias do aluno, em quantidade coerente com as atividades praticadas por ele, sem restrição de marca”, explicou.  

Os consumidores que tiverem problemas ou dúvidas devem procurar o Procon de Campinas em uma de suas unidades ou pelo telefone 151.  Clique aqui para ter acesso à planilha da pesquisa de preços do Procon comparando os preços de material escolar.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

relacionadas

publicidade
publicidade
publicidade