menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Pressão sobre leitos de UTI em Campinas cresce quase 6% em uma semana

Cidade tem 44 mortes e 1.072 casos confirmados

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

18h02 - 21/05/2020

Atualizado há 15 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A pressão sobre leitos de UTI em Campinas cresce 5,71% no período de uma semana nos hospitais públicos e privados de Campinas.

Nesta quinta-feira (21/05), dos 687 leitos ocupados, 514 tinham pacientes internados – uma taxa de 74,82% de ocupação. Há uma semana, no último dia 14 de maio, dos 693 leitos, 479 (69,11%) estavam ocupados.

Há uma preocupação com um possível colapso no sistema de saúde. Para forçar as pessoas a ficarem em casa e impedir a disseminação do coronavírus, a Câmara de Vereadores aprovou nesta quinta-feira (21/05) o feridão prolongado que começa a partir desta segunda-feira (25/05). (Leia Mais)

“Estamos vivendo o momento mais sensível desta epidemia na cidade. Precisamos manter a taxa de isolamento alta para que não haja a disseminação da doença”, disse o secretário de Saúde, Carmino de Souza.

Ele disse que vai abrir mais 45 leitos de UTI nos hospitais Ouro Verde e Mário Gatti.

Casos

Campinas tem 44 óbitos e 1.072 casos confirmados de covid-19.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade