menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Projeto de vereador quer impedir que hospital exija acompanhante para idoso

Felipe Marchesi (PL) apresentou proposta após receber reclamações e ter avó internada em Campinas

Zezé de Lima

11h47 - 18/10/2019

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O vereador Filipe Marchesi (PL) apresentou projeto nessa semana que impede hospitais públicos e privados de Campinas de exigirem que famílias designem acompanhantes para os idosos internados. De acordo com Marchesi, as casas de saúde acabam se aproveitando do Estatuto, que confere esse direito ao idoso, mas não obriga o acompanhamento.

O projeto deve seguir agora para a Comissão de Constituição e Justiça, segundo o vereador. Em entrevista ao programa 90 Minutos, da Rádio Bandeirantes, Marchesi afirmou ter sido procurado por pessoas que viveram esse drama com familiares e também enfrentou a situação quando a avó ficou internada. Com os acompanhantes, diz, Marchesi, os hospitais podem reduzir as suas equipes de atendentes, por grande parte do serviço, como troca de roupa, fralda e banho, é assumida pelo acompanhante.

Além da rotina exaustiva, há famílias que não têm membros disponíveis para a função ou conta com apenas uma pessoa para a função e tem de descansar um turno. Nesse caso, é necessário contratar alguém para o serviço. Em média, é cobrado por turno cerca de R$ 100,00. “Muitos não têm como pagar”, atesta.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade