menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe

Band Paulista

Notícias

Operação Perfídia: Polícia Federal investiga fraudes no INSS em Prudente

Uma servidora do Instituto é suspeita

Band Paulista

16h06 - 02/06/2021

Atualizado há 20 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Polícia Federal deflagrou hoje, a Operação Perfídia, que investiga a inserção de dados falsos nos sistemas da Previdência Social por uma servidora do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), com o objetivo de beneficiar pessoas que não teriam direito à aposentadoria.

De acordo com a Polícia Federal, foi o próprio INSS que identificou diversos benefícios em que o tempo e valor de contribuição do segurado foram majorados pela servidora concedente em desacordo com as normas da instituição e sem fundamento em documentos comprovatórios das alterações.

O aumento indevido de tempo ou do valor de contribuição foi identificado em 27 benefícios de aposentadoria, todos concedidos pela mesma servidora investigada. O prejuízo aos cofres públicos é estimado em R$ 1.700.00,00.

Segundo a delegada responsável pela Operação, Sabrina Eloísa Soares, as fraudes vinham sendo praticadas há pelo menos dois anos.

A ação cumpriu 8 mandados de busca em apreensão em Presidente Prudente e Álvares Machado. Foram apreendidos documentos, materiais de informática e carteiras de trabalho de beneficiários. O material é para dar continuidade às investigações e saber se há mais benefícios irregulares e qual a participação dos beneficiários no esquema de fraudes.

A operação, faz referência aos termos “deslealdade” e “traição”, em alusão à conduta da servidora em relação a instituição. A mulher foi afastada das funções.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade