menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe

Imagem: Divulgação

Notícias

Prefeitura de Bauru intensifica trabalho de fiscalização para evitar aglomerações

Mais de 500 denúncias já foram feitas

Band Paulista

09h25 - 03/03/2021

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O setor de fiscalização da prefeitura de Bauru, centralizado na Secretaria Municipal de Saúde, intensificou, o trabalho no sentido de garantir o cumprimento das medidas de enfrentamento do novo coronavírus. As equipes atuam diariamente, inclusive aos finais de semana e feriados, para coibir eventos que provocam aglomerações ou outras ações em descumprimento das normas sanitárias.

Mais de 500 denúncias já foram feitas

O balanço do mês de fevereiro (período de 01 a 28), divulgado pelo Departamento de Saúde Coletiva, apresenta os seguintes números:

FISCALIZAÇÕES

Total de fiscalizações realizadas: 596

Denúncias recebidas: 507

Fiscalizações de rotina: 89

DENÚNCIAS:

Total de denúncias procedentes: 116 (22,87%)

Denúncias improcedentes: 391 (77,13%)

Denúncias atendidas: 507

AUTUAÇÕES:

Autos de Infração aplicados (AI): 37

Atividades autuadas: açougue (01), bares (20), restaurantes/lanchonetes (07), ambulantes/trailler (04), buffet (01), loja de conveniência (01), comércio (03).

Motivos das autuações: Foram 21 autuações por atendimento presencial, consumo no local e comercialização de bebidas alcoólicas em horário proibido; 15 autuações por atendimento ao público e consumo no local e uma autuação por consumo no local/falta de uso de máscara.

A ouvidoria da prefeitura recebe denúncias de irregularidades todos os dias, das 8h às 0h, pelo telefone (14) 3235-1156. O mesmo número também possui WhatsApp, no qual o cidadão, ao entrar em contato, será direcionado ao formulário de reclamação disponível no site da prefeitura de Bauru, com acesso rápido e prático.

No período noturno, a Secretaria de Saúde tem equipes de fiscalização nas ruas das 18h até 0h, de quarta-feira a domingo, com as denúncias sendo repassadas de imediato para os fiscais. Após este horário, o morador deve entrar em contato com a Polícia Militar.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade