menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Profissionais da educação podem se cadastrar para vacinação contra Covid-19

Imunização começa no dia 12 de abril.

Redação, Band Paulista

15h27 - 01/04/2021

Atualizado há 21 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O secretário da Educação, Rossieli Soares, anunciou que profissionais da educação já podem realizar cadastro para receberem a primeira dose da vacina da Covid-19 através do site https://vacinaja.sp.gov.br/educacao. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (1), e a primeira etapa da imunização terá início no dia 12 de abril, para servidores e funcionários a partir de 47 anos.


Rossieli informou que todos os profissionais dessa área podem se cadastrar, mesmo os que possuem menos de 47 anos e não estão no cronograma de vacinação desta primeira etapa.


Nesta primeira fase da vacinação, o Governo de SP vai destinar 350 mil doses para imunizar os profissionais com mais de 47 anos atuam nas escolas, desde a creche ao ensino médio, nas redes estadual, federal, municipais e privadas do Estado de São Paulo.


Para realizar o cadastro no site https://vacinaja.sp.gov.br/educacao, é necessário o número do CPF, nome completo e e-mail. Posteriormente, a pessoa receberá um link no email indicado e será necessário validá-lo para dar continuidade ao cadastro. É importante verificar se o email não foi deslocado para a caixa de spam.


No passo seguinte, o profissional deve confirmar os dados pessoais e apontar nome da escola, rede de ensino, município e cargo ocupado. Também será necessário anexar os holerites dos meses de janeiro e fevereiro.
O cadastro passará por um processo de análise e, se validado, o profissional receberá em seu email o comprovante VacinaJá Educação, este documento terá um QRCode para verificação de autenticidade.


O comprovante VacinaJá Educação, RG e CPF deverão ser apresentados no momento da vacinação, para conferência dos dados.

O cadastro não significa o agendamento. A aplicação das doses ocorrerá em parceria com as Prefeituras, por meios das Secretarias de Saúde. O secretário Rossieli Soares reforça que depois da confirmação do cadastro, o profissional deve ficar atento às regras do município em que atua para se informar sobre datas e pontos de vacinação.

0 Comentário

publicidade
publicidade