menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe

Imagem: divulgação

Notícias

Prudente confirma 568 novos casos de coronavírus e mais oito mortes

A cidade tem agora 711 óbitos

Band Paulista

18h00 - 09/06/2021

Atualizado há 13 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Vigilância Epidemiológica Municipal de Presidente Prudente atualizou, no final da tarde desta quarta-feira (9), os dados referentes ao coronavírus. Foram recebidos 769 diagnósticos, sendo 201 negativos e 568 positivos. Assim, a cidade contabiliza 26.492 confirmações da doença.

Entre os 568 casos confirmados, 256 são do sexo masculino e 312, feminino, sendo 14 crianças até 10 anos, 53 pessoas entre 10 e 19 anos, 120 casos entre 20 e 29 anos, 93 entre 30 e 39, 116 registros entre 40 e 49 anos, 106 entre 50 e 59, mais 48 entre 60 e 69 anos, nove casos entre 70 e 79, seis casos entre 80 e 89 e três acima de 90 anos.

O boletim desta quarta-feira (09) traz cinco óbitos confirmados para covid-19 e três resultados positivos de morte suspeita: mulher, 53 anos, resultado positivo  em 25/05 e óbito 07/06; homem, 54 anos, resultado positivo  em 02/06 e óbito 09/06; homem, 70 anos, resultado positivo  em 26/05 e óbito 08/06; mulher, 57 anos, resultado positivo  em 02/06 e óbito 09/06; e homem, 36 anos, resultado positivo  em 30/05 e óbito 08/06. Entre os resultados positivos de mortes suspeitas, estão: homem, 41 anos, óbito em 02/06; mulher, 49 anos, óbito em 07/06; e homem, 86 anos, óbito em 07/06.

Constam no boletim 180 moradores de Prudente hospitalizados, sendo que 60 estão em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). A taxa de ocupação de leitos de UTI está em 98,7%, enquanto a taxa de leitos de enfermaria está em 84,8%, considerando toda a região do Departamento Regional de Saúde (DRS-11).

Em um panorama, Prudente tem 75.398 notificações, sendo 46.063 negativos e 711 mortes. Além disso, 235 exames seguem aguardando resultados por parte dos laboratórios, e 2.843 aguardam encerramento de fichas no sistema.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade