menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe

Foto: Prefeitura de Presidente Prudente

Notícias

Secretária de Educação pede exoneração do cargo para se dedicar à defesa em sindicância

Ela deixou seu posto à disposição do prefeito Ed Thomas

Band Paulista

13h49 - 15/07/2021

Atualizado há 8 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Prefeitura de Presidente Prudente informa que a Secretária Municipal de Educação, Sonaira Fortunato Pereira, apresentou pedido de exoneração do cargo na última quarta-feira (14).  Ela argumentou que colocou o cargo à disposição do prefeito Ed Thomas para que possa se dedicar à defesa em relação às denúncias ligadas às suas titulações acadêmicas, as quais motivaram a instauração de uma sindicância na Secretaria Municipal de Administração.

Em mensagem, Sonaira afirma que continuará se empenhando e contribuindo com o ensino municipal, como integrante do quadro de servidores efetivos do magistério. “Por fim, não poderia deixar de consignar minha profunda gratidão ao prefeito Ed Thomas pela oportunidade e confiança que me foi dispensada, na certeza de que tudo será devidamente esclarecido e de que a justiça irá prevalecer”, declarou.

O chefe do executivo informou que aceita o pedido de exoneração, que vem para reafirmar a transparência e a imparcialidade na apuração das denúncias apresentadas. Com a exoneração, publicada na tarde desta quarta em uma edição extra do Diário Oficial do Município, passa a responder interinamente pela pasta a Assessora de Secretaria Francisca Maria Chagas.

Cabe lembrar que, tão logo teve conhecimento da denúncia ofertada envolvendo Sonaira Fortunato, por ela ser servidora efetiva do Município, ocupando o cargo de professora, determinou a instauração de Sindicância, expediente que busca identificar indícios de autoria e materialidade de eventual irregularidade funcional, seja por ação ou omissão, que possa ser passível de conversão em PAD – Processo Administrativo Disciplinar e por consequência penalização de servidor, se for o caso.

Este processo já está em andamento junto a Comissão Processo Disciplinar e tem o prazo de até 30 dias para sua apuração. 

0 Comentário

publicidade
publicidade