menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe

Divulgação/Rede Mário Gatti

Notícias

Rede Mário Gatti começa a usar máscaras especiais para pacientes com covid-19

Equipamentos são máscaras de mergulho adaptadas

Band Mais

11h40 - 01/06/2020

Atualizado há 7 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Rede Mário Gatti já começou a utilizar máscaras especiais para pacientes com covid-19. As 35 máscaras são feitas por meio de uma adaptação de máscaras de mergulho e podem evitar a necessidade de entubação para um grande número de pacientes.

As novas máscaras foram produzidas em impressoras 3D e são fruto de uma doação da rede de artigos esportivos Decathlon com design e adaptação da ONG Expedicionários da Saúde, a mesma que montou o Hospital de Campanha.

Segundo o prefeito Jonas Donizette, essa máscara é menos invasiva que a entubação para o paciente. “É uma máscara que pega o rosto todo e a entrada de oxigênio fica em cima na cabeça e evita que se coloque o tubo na garganta da pessoa na entubação. É bem menos traumático para o tratamento”, afirmou.   

 As máscaras já estão em uso nas UTIs do Hospital Mário Gatti e do Hospital Ouro Verde e em algumas Unidades de Pronto Atendimentos. Além dessas 35, já foram pedidas mais 50 máscaras do tipo. A expectativa é que elas possam ser utilizadas também por pacientes atendidos pelo Samu.

De acordo com o presidente da Rede Mário Gatti, Marcos Pimenta, essa máscara foi desenvolvida com base em uma experiência italiana e é uma grande facilitadora para profissionais e pacientes, evitando a necessidade de entubação. “Já são quase dez pacientes que estão usando essa máscara facial. Ela permite que o paciente continue falando e que a equipe consiga vê-lo de uma maneira mais tranquila porque ela é transparente”, disse.    

Novas UTIs  

Nesta segunda-feira, começaram a funcionar 10 novos leitos de UTI no Mário Gatti. A previsão eram 30 leitos, mas a Saúde não conseguiu contratar médicos. Das 42 vagas abertas, apenas 30 se inscreveram e ainda foram registradas desistências. Esse foi um dos motivos para a suspensão da reabertura do comércio nesta segunda-feira.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 

relacionadas

publicidade
publicidade
publicidade