menu 25-anos
publicidade
publicidade
Compartilhe

Retrospectiva 2019 – Relembre os fatos que marcaram fevereiro

Fonte: Agência Brasil, Band Mais

14h59 - 23/12/2019

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Em fevereiro, brasileiros lamentaram o incêndio no Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo, que provocou a morte de 10 jogadores da categoria de base do clube.

O Congresso Nacional definiu a Mesa Diretora para a legislatura vigente.

Depois de passar 17 dias internado em São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro recebeu alta. Ele passou por cirurgia para retirar a bolsa de colostomia e a reconstruir o trânsito intestinal.

O governo revogou o decreto sobre sigilo a documentos públicos. O presidente Jair Bolsonaro exonerou o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno.

Relembre:

Incêndio no Ninho do Urubu

O alojamento dos jogadores da categoria de base do Flamengo pegou fogo durante a noite. A tragédia, que vitimou 10 atletas, acendeu a luz de alerta sobre a infraestrutura e as condições dos centros de treinamento e alojamentos destinados aos atletas no país. No caso do Ninho do Urubu, as investigações apontam que o incêndio começou a partir do curto-circuito no sistema de ar-condicionado do alojamento.

Leia mais

Bolsonaro recebe alta

O presidente Jair Bolsonaro recebeu alta depois de 17 dias de internação após cirurgia para retirada da bolsa de colostomia e a reconstrução do trânsito intestinal. Segundo o último boletim médico, “ele recebeu alta com o quadro pulmonar normalizado, sem dor, afebril, com função intestinal restabelecida e dieta leve por via oral.”

Leia mais

Lula é condenado

A juíza federal Gabriela Hardt condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a 12 anos e 11 meses de prisão na ação penal sobre as reformas realizadas no Sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP). A sentença é a segunda proferida contra o ex-presidente na Operação Lava Jato. O sítio foi alvo das investigações da Lava Jato, que apura a suspeita de que as obras de melhorias no local foram pagas por empreiteiras investigadas por corrupção, como a OAS e a Odebrecht.

Leia mais

Crise na Venezuela

O Brasil enfrentou dificuldades para enviar ajuda humanitária à Venezuela. Por ordem do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, a fronteira com o Brasil ficou fechada por alguns dias. Mas depois, caminhões com alimentos e medicamentos conseguiram cruzar a fronteira e entregar a ajuda. Foram entregues 200 toneladas de doações do Brasil e dos Estados Unidos.

Leia mais

Obituário

O jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos, morreu na queda de um helicóptero em um dos acessos da Rodovia Anhanguera, que liga a capital paulista ao interior. Segundo o Corpo de Bombeiros, o piloto da aeronave, Ronaldo Quatrucci, também morreu carbonizado.

A atriz, cantora e diretora Bibi Ferreira, de 96 anos, morreu vítima de infarto em sua casa, no Rio de Janeiro. Segundo o empresário da atriz, Nilson Raman, Bibi reclamou de falta de ar e, no momento seguinte, já não respirava.

Morreu, no Rio de Janeiro, o economista e ex-ministro do Planejamento João Paulo dos Reis Velloso, de 87 anos. Reis Velloso foi ministro do Planejamento dos governos Garrastazu Médici e Ernesto Geisel, permanecendo no cargo de 1969 a 1979. Sua gestão foi marcada pelo apogeu do chamado “milagre brasileiro” e pela “crise do petróleo de 1973”. Reis Velloso fundou o Instituto Nacional de Altos Estudos (Inae).

O jornalista e apresentador Roberto Avallone morreu aos 72 anos, em São Paulo, no Hospital Santa Catarina. Ele teria passado mal durante a madrugada e levado ao hospital, mas não resistiu. Avallone nasceu em 1947 e começou a carreira em 1966, no jornal Última Hora. Trabalhou também no Jornal da Tarde e em diversas rádios como Jovem PanEldorado e Bandeirantes.

O cantor e compositor mineiro Luís Otávio Carvalho, conhecido como Tavito Carvalho, morreu na capital paulista, aos 71 anos. O músico fez parte do Clube da Esquina, na década de 1970. Ele ficou internado durante uma semana no Hospital Sancta Maggiore, no bairro Pinheiros, para tratar um tumor de orofaringe (região que envolve boca, língua, palato e faringe).

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade