menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Campinas e região já enviaram 88 pacientes de covid-19 para hospitais da Grande SP

Campinas enviou seis pacientes. Prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), quer que Estado separe um hospital exclusivo para pacientes de outras cidades

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

18h41 - 02/07/2020

Atualizado há 3 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Com a alta de casos no interior e pressão sobre o sistema de saúde, Campinas e região já enviaram 88 pacientes de covid-19 para tratamento nos hospitais da Grande São Paulo, segundo o secretário estadual de Saúde, José Henrique Germann.

Desde o início da pandemia, segundo ele, foram transferidos 160 pacientes do interior para a capital.

Do grupo de 88 pessoas, 45 são da região de Sorocaba, 18 da Baixada Santista, 7 da região de Taubaté, 2 da região de Piracicaba e 6 de Campinas.

Ontem, os integrantes do governo de São Paulo disseram que a RMC está em alerta e que inspira cuidados devido à alta de casos e pressão sobre os leitos hospitalares. Apesar de Campinas, por exemplo, estar na zona laranja, que permite a abertura do comércio, o governo recomendou ao prefeito Jonas Donizette (PSB), que retrocedesse. O prefeito suspendeu, na semana passada, o funcionamento do comércio de rua e de shoppings, mas deixou escritórios, prestadores de serviços e igrejas em atividade.

A tendência é que amanhã, a RMC pode retroceder para a fase vermelha devido ao estrangulamento da rede hospitalar. Campinas hoje está com 88,17% dos leitos ocupados. E foi justamente hoje que a Rede Municipal voltou a ter leitos livres depois de mais de duas semanas com superlotação. Dos 145 leitos, 141 estão ocupados.

Hospital regional

O prefeito de Campinas tem pedido ao governo de São Paulo que instale ou defina um hospital fora de Campinas para atender os pacientes da região. “Assim, Campinas atenderia apenas os moradores da cidade”, disse ele. O AME (Ambulatório Médico de Especialidades) e o HC da Unicamp, hospitais do Estado instalados em Campinas, recebem pacientes de várias cidades. Jonas gostaria que tanto os hospitais da prefeitura quanto esses dois ficassem exclusivos para moradores de Campinas.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade