menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Entretenimento

Robert De Niro estaria “falido” e deverá faturar “apenas” R$40 milhões em 2020

Devido à pandemia, vários empreendimentos do artista têm sofrido prejuízo

Educadora FM

20h01 - 12/07/2020

Atualizado há 6 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A informação ganhou destaque durante a semana nos principais sites de entretenimento, alegando que o astro teria perdido mais de R$25 milhões com o restaurante Nobu, do qual ele é um dos sócios e também com o Greenwich Hotel, outro empreendimento de luxo do eterno “Taxi Driver”.

Tudo isso veio a público devido a um caso judicial envolvendo a esposa do ator, Grace Hightower, que teria entrado com um mandado de emergência, pedindo para o limite mensal de seu cartão de crédito aumentar de R$266 mil para R$533 mil.

De acordo com a advogada de De Niro, Caroline Krauss, ele não tem obrigação nenhuma de acatar à solicitação, até porque os seus rendimentos reduziram bastante atualmente e o acordo em vigor teria estabelecido que ele só precisa pagar cerca de R$5 milhões para ela, caso obtenha pelo menos R$80 milhões e em 2020, “apenas” matade do valor teria sido obtido.

No entanto, vale lembrar que o patrimônio dele vem principalmente de seus trabalhos na indústria cinematográfica, já que possui uma das performances mais valorizadas de Hollywood e ainda estaria para receber uma última parte por sua participação em “O Irlandês”, de Martin Scorsese, realizado pela plataforma Netflix e também tem o longa “Oklahoma”, cuja estreia ainda não aconteceu, o que teria atrasado os pagamentos.

Caroline alertou para o fato de que ícone apresenta um padrão de vida altíssimo e que mesmo com todos os envolvimentos, não poderia se aposentar nem que quisesse. Loucura, né?! Ela afirmou:

Essas pessoas, apesar de seus ganhos robustos, sempre gastaram mais do que ele ganhou, então esse homem robusto de 76 anos não poderia se aposentar nem se ele quisesse porque ele não pode bancar os gastos de seu estilo de vida.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias