menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Esporte

Rogério Caboclo é afastado da presidência da CBF por Comissão de Ética

Afastamento foi em função de denúncia, por parte de uma funcionária, de assédio moral e sexual praticado contra ela

Band Mais

18h52 - 06/06/2021

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Rogério Caboclo foi afastado por 30 dias, neste domingo, da presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A determinação partiu da Comissão de Ética do Futebol Brasileiro, em função de uma denúncia, por parte de uma funcionária da CBF, de assédio moral e sexual praticado contra ela por Caboclo. Ele nega todas as acusações. O processo vai seguir em sigilo. Antônio Carlos Nunes, vice-presidente mais velho, assume durante o afastamento.

A CBF se pronunciou em nota: “A CBF informa que recebeu na tarde deste domingo, 6, decisão da Comissão de Ética do Futebol Brasileiro suspendendo temporariamente (pelo prazo inicial de 30 dias) o Presidente Rogério Caboclo do exercício de suas funções. Seguindo o Estatuto da entidade, toma posse interinamente, por critério de idade, o vice-presidente Antônio Carlos Nunes de Lima. A decisão é sigilosa e o processo tramitará perante a referida Comissão, com a finalidade de apurar a denúncia apresentada.”

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias