menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Campinas registra 8 mortes e mais de 2 mil casos de covid-19 em profissionais de saúde

Dados da Saúde apontam ainda que 2.015 servidores foram infectados pelo coronavírus

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

18h34 - 20/07/2020

Atualizado há 23 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Campinas confirmou a morte de oito profissionais da Saúde devido à infecção pelo coronavírus. Além disso, 2.015 trabalhadores foram contaminados pela doença nas redes pública e privada, segundo boletim epidemiológico da Prefeitura de Campinas, publicado nesta segunda-feira (20/07).

Segundo o boletim, dos oito óbitos, três deles (dois médicos e uma auxiliar de saúde bucal) não contraíram a doença em atividades laborais.

Dos 2.015 trabalhadores da Saúde que foram contaminados pelo coronavírus, 729 (36,1%) são técnicos ou auxiliares de enfermagem, 401 (19,9%) médicos, 227 (11,3%) enfermeiros, 90 (4,5%) recepcionistas, 88 (4,4%) cuidadores em saúde e 480 (23,8%) a soma de outras categorias profissionais.

O boletim leva em conta os dados até a última terça-feira (14/07), quando a cidade tinha 481 óbitos confirmados pela doença.

De acordo com o boletim, 7.739 apresentaram sintomas gripais, sendo que 2.015 deram positivo para covid-19 e 4.086 deram resultado negativo para a doença. Outros 1.638 (21,2%) ainda aguarda resultados dos exames.

Entre os óbitos positivos para COVID-19 no quesito raça/cor (Figura 13), 282 (58%) eram brancos, 54 (11%) eram pardos, 42 (9%) eram pretos, 8 eram amarelos (2%) e em 95 óbitos (20%) esta informação estava como ignorada.

Na semana passada, a Unicamp confirmou a morte de um técnico de enfermagem do Hospital de Clínicas da Unicamp. Ele foi a segunda morte devido à doença na unidade hospitalar.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade