menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

São Roque tem caso suspeito de coronavírus

Estado de São Paulo tem 11 casos do Covid 19 sendo investigados

Band Mais

11h00 - 27/02/2020

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Secretaria de Estado de Saúde, informou nesta quarta-feira (26/02) que um caso suspeito de COVID-19 está sendo monitorado na cidade de São Roque, na região de Sorocaba. Ainda de acordo com a Secretaria, no total estão sob monitoramento 11 adultos, sendo 9 residentes na Capital, 1 em Lorena e 1 em São Roque. Além dos sintomas respiratórios, os pacientes têm histórico de viagem, sendo um dos casos com passagem pela China, nove pela Itália e um que teve contato com caso suspeito. 


O primeiro caso de COVID-19 é de um residente na Capital e esteve, em fevereiro, na Itália.

A Secretaria de Estado da Saúde informou ainda que na manhã desta quarta-feira foi realizada a primeira reunião do centro de contingência do Estado criado para monitorar e coordenar ações contra a propagação do novo coronavírus. Este grupo trabalhará de forma integrada com o Centro de Operações de Emergências (COE) que havia sido implantado anteriormente pelo Governo do Estado. 

Dentre as definições do centro, segundo informações da Secretaria, destaca-se a definição dos hospitais de referência para o tratamento de casos graves serão o Hospital das Clínicas de São Paulo (HCFMUSP) e Instituto de Infectologia Emílio Ribas, na capital. No interior, HCs de Ribeirão Preto (USP) e Campinas (Unicamp), Hospital de Base de São José do Rio Preto e, no litoral, o Emílio Ribas II, do Guarujá. Juntas, essas unidades contam com cerca de 4 mil leitos, sendo mil de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Os hospitais privados também poderão integrar a rede, seguindo protocolos e até disponibilizando leitos, se houver necessidade. Profissionais da Saúde estadual vão reforçar os contatos com os serviços particulares para reforçar o alinhamento de estratégias e fluxos.

Centro de Vigilância Epidemiológica irá capacitar ainda mais de 3 mil profissionais da área de saúde ao longo das próximas semanas em todo Estado.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade