publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Saúde vai testar 8 mil profissionais para a volta às aulas

Prioridade será dada aos profissionais que vão trabalhar nas escolas

Band Mais

12h11 - 18/09/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Secretaria de Saúde de Campinas vai testar 8 mil profissionais – entre educadores e funcionários terceirizados – que trabalham em escolas da Rede Municipal de Campinas a partir da próxima semana.

Segundo o prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), a prioridade para a aplicação dos testes são os profissionais envolvidos no retorno às aulas dos 5º e 9º anos, que acontecerá em 7 de outubro.

Serão testados tantos os profissionais de carreira quanto os das empresas terceirizadas que prestam serviço nas escolas. “Estamos retomando as atividades nas escolas com toda a parcimônia e responsabilidade. Estou 100% respaldado pela Saúde; e para as famílias é facultativo mandar a criança para a escola”, disse Jonas.

É um teste rápido, que detecta, por meio de exame de sangue (uma gota), se a pessoa produziu anticorpos, recentemente ou há mais tempo, contra o coronavírus.  A plataforma Hilab, que pertence ao laboratório que fará os exames, faz a leitura da gota de sangue e envia dos dados para uma central.

O resultado é conhecido 15 minutos depois. A pessoa testada recebe o resultado no e-mail ou no celular. A testagem será concluída em 60 dias, a partir da data do início dos testes, que serão feitos pelos profissionais da Secretaria de Saúde por meio de agendamento.

Os exames dos profissionais da Educação estarão centralizados no Laboratório Municipal, que fica no Hospital Ouro Verde, e na Policlínica 3, localizada ao lado do Hospital Mário Gatti.

0 Comentário

publicidade
publicidade
Mais notícias