menu 25-anos
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Secretaria de Educação de Campinas alerta escolas sobre “O Desafio da Rasteira”; youtuber pede desculpas

Brincadeira que pode machucar foi disseminada por um youtuber, que pediu desculpas

Band Mais

16h19 - 13/02/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Secretaria de Educação de Campinas vai dar orientações aos educadores das 206 escolas municipais sobre como eles lidar com “O Desafio da Rasteira”, a modinha de passar a perna para derrubar outra pessoa que viralizou nos últimos dias (veja vídeo abaixo). O impacto do tombo levou uma adolescente de 16 anos à morte em Mossoró (RN).

De acordo com a Pasta, a medida foi tomada por causa dos vídeos que circulam nas redes sociais. “Os educadores serão orientados a realizar atividades dentro das salas de aula e incentivarão o diálogo entre todas as partes para que os estudantes tenham informações sobre os problemas causados por esta brincadeira e evitem a participação, preservando a integridade física de todos envolvidos seja no ambiente escolar ou em casa”, diz o texto da Secretaria de Educação.

Pedido de desculpas

O youtuber brasileiro Robson Calabianqui, conhecido como Fuinha, fez um pedido de desculpas publicamente ao ver o vídeo em que ele dá uma rasteira na própria mãe viralizar nas redes sociais. Como muita gente achou divertido e começou a copiar, especialistas alertaram que a perigosa brincadeira pode levar à morte. Devido à repercussão negativa, o youtuber, que tem mais de 2 milhões de seguidores, retirou o vídeo do ar e pediu para ninguém reproduzir a brincadeira.

“O vídeo, até certo ponto, parece engraçado, mas vocês sabiam que eu poderia ter perdido a minha mãe por causa desta brincadeira? Ela poderia ter batido a cabeça e sofrido um traumatismo craniano ou qualquer uma outra lesão irreversível para a vida dela. Por conta disso, estou muito arrependido por ter postado esse vídeo. Em nenhum momento eu pensei que ele seria um viral dessa proporção”, disse ele.

  

Youtuber pede desculpas por modinha que pode matar


0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade