menu 25-anos
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Secretário de Comunicação da Presidência irá ao Senado falar de contratos de empresa com TVs e agências

No mês passado, Comissão de Ética Pública da Presidência da República decidiu arquivar denúncia contra Fábio Wajngarten

Agência Brasil, Band Mais

16h00 - 04/03/2020

Atualizado há 26 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Um requerimento de convocação do secretário de Comunicação Social da Presidência da República, Fábio Wajngarten, foi aprovado nesta terça-feira (3) pela Comissão de Transparência do Senado.

O autor do requerimento, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), quer que Wajngarten esclareça questões sobre os contratos da empresa da qual é sócio com emissoras de TV e agências de publicidade que também recebem recursos de publicidade oficial do governo federal.

No mês passado, a Comissão de Ética Pública da Presidência da República decidiu arquivar a denúncia contra o secretário.

Como é uma convocação, Wajngarten é obrigado a comparecer à comissão do Senado. Se faltar e não apresentar justificativa que a comissão considere adequada, ele poderá responder por crime de responsabilidade.

Convites

Na mesma comissão os senadores também aprovaram convites aos ministros da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e Ernesto Araújo, das Relações Exteriores. Ambos devem ser ouvidos no mesmo dia para debater medidas de prevenção e tratamento do coronavírus (Covid-19) no Brasil.

Também por sugestão de Randolfe a comissão também deverá ouvir o ministro da Educação, Abraham Weintraub, e o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni. No caso do ministro da educação, o pedido de convocação foi transformado em convite. Os senadores querem informações ainda sobre os problemas com a correção e atribuição de notas do Exame Nacional do Ensine Médio (Enem).

Já Onyx Lorenzoni, também convidado, deve explicar a fila e o orçamento do Programa Bolsa Família e as prioridades da nova gestão do Ministério. No caso dos convidados, eles não são obrigados a comparecer.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade