menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

Sem citar nomes, Jonas diz que população sabe identificar ingratidão

Blog da Rose

17h58 - 02/10/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB) não é candidato à reeleição, mas sua Administração foi citada várias vezes ontem no debate da Band entre os nove candidatos à Prefeitura de Campinas. Apesar de seis dos 13 candidatos já terem tido algum vínculo com a sua gestão, ele foi duramente criticado.

Dos 13 candidatos, foram ex-secretários: Dario Saadi (Republicanos), que é a candidatura apoiada por Jonas, André Von Zuben (Cidadania) e Rogério Menezes (PV). Rafa Zimbaldi foi líder de governo de sua gestão e presidente da Câmara eleito com o apoio do prefeito. Romperam no ano passado. Delegada Teresinha (PTB) já foi assessora na Secretaria de Segurança Pública. O PC do B, de Alessandra Ribeiro, ficou até o meio desta gestão na Administração Jonas. Rompeu por uma discordância na pauta dos servidores. Menezes não participou do debate porque o seu partido não tem cinco representantes no Congresso, como determina a legislação.

Desse grupo, Menezes e Von Zuben negam que são candidaturas acessórias e dizem que podem melhorar a gestão da cdiade. Delegada Teresinha se coloca como uma candidatura independente.

O problema de Jonas mesmo é quanto a Rafa Zimbaldi, que tem se colocado como oposição. “O povo não perdoa ingratidão. Principalmente os mais simples. Eu não guardo mágoa”, disse o prefeito nesta sexta-feira (02/10).

Quanto às critícas à sua gestão, Jonas disse que “Esse julgamento caberá ao povo de Campinas.”

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade