publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

“Semana que vem tem mais”, diz Bolsonaro após a troca de comando na Petrobras

Em Campinas, presidente diz que vai trocar equipe de governo

Rose Guglielminetti, Band Mais

13h53 - 20/02/2021

Atualizado há 12 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O presidente Jair Bolsonaro disse neste sábado, em Campinas, que vai “trocar peças que não estejam dando certo” e que “na semana que vem teremos mais”. A fala se dá um dia depois de anunciar a substituição de Roberto Castello Branco pelo general Joaquim Silva e Luna no comando da Petrobras.

Eu tenho que governar. Trocar as peças que porventura não estejam dando certo. Se a imprensa está preocupada com a troca de ontem, na semana que vem teremos mais. O que não falta para mim é coragem de decidir pensando no bem maior da nossa nação

Jair Bolsonaro, presidente da República

Presidente discusa em evento de formação de cadetes em Campinas

Outro regime

O presidente também disse que se dependesse dele, o Brasil teria um outro tipo de regime.

“Alguns acham que eu posso fazer tudo. Se tudo tivesse que depender de mim, não seria esse o regime que nós estaríamos vivendo. E, apesar de tudo, eu represento a democracia no Brasil. Nunca a imprensa teve um tratamento tão leal e cortês como o meu. Se alguns acham que não é dessa maneira, é porque não estão acostumados a ouvir a verdade. Nós vivemos num país livre.”

Ele, porém, não explicou a que tipo de regime estava se referindo.

Segundo ele, o seu governo tem compromisso com o país. ” É mais fácil se acomodar e não ter compromisso com a sua pátria e usufruir de benesses e da nossa parte isso não ocorrerá.”

Bolsonaro está em Campinas para participar da cerimônia de entrada de novos alunos da academia, quando 419 alunos irão se formar na EsPCEx (Escola Prepatória de Cadetes).

Apoiadores

Um grupo de apoiadores esteve em frente ao prédio da EsPCEx para tentar ver o presidente, que não desceu do carro. Eles estavam com faixas contra o STF (Supremo Tribunal Federal) que, nesta semana, prendeu o deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL/RJ), por ofensas aos membros da corte.

Com informações de Bárbara Guimarães, da BandMais

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias