menu
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Entretenimento

Senado aprova ”Lei Marília Mendonça” sobre sinalização de torres de energia

O projeto de lei tem como objetivo evitar acidentes aéreos e leva o nome da Rainha da Sofrência.

Natália Luchesi, Nativa FM

14h00 - 01/12/2021

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Nesta última terça-feira (30), a Comissão de Infraestrutura do Senado aprovou a criação da Lei Marília Mendonça. O projeto de lei pretende obrigar a implantação de alertas em torres de energia para evitar acidentes aéreos.

As torres também deverão ser pintadas com cores chamativas, para ajudar na identificação do piloto. E o nome da lei faz jus a sertaneja que faleceu em um acidente onde a aeronave bateu em cabos elétricos antes de cair.

O projeto de lei 4.009/2021 foi aprovado por unanimidade e se não houver recurso para votação em Plenário, o texto irá prosseguir para análise da Câmara dos Deputados.

No momento já existe uma legislação que obriga a implementação dessas esferas, no entanto apenas a uma determinada distância.

A lei foi proposta e apresentada pelos senadores Telmario Mota (Republicanos) e Kátia Abreu (Progressistas), a qual escolheu o nome da lei como forma de homenagem a Marília.

“Fiquei muito triste com sua morte. Eu e toda a minha família, em especial meu filho Iratã, que mora em Goiânia e é um fã ardoroso de Marília Mendonça, e até com certa proximidade. O acidente foi uma fatalidade? Sem dúvida. Mas uma fatalidade que poderia ter sido evitada. Essa lei que votamos aqui pode evitar novos choques de aeronaves”, declarou Kátia Abreu.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias