menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Senador e ex-governador José Serra é denunciado por lavagem de dinheiro

Denúncia sustenta que entre 2006 e 2007, Odebrecht teria pago a político R$ 4,5 milhões para usar campanha e cerca de R$ 23 milhões em propina entre 2009 e 2010

Band Mais

09h37 - 03/07/2020

Atualizado há 6 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O senador e ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB) é alvo nesse momento de buscas e apreensões da Polícia Federal (PF) comandadas pela força-tarefa da Operação Lava Jato em São Paulo, que o denunciou, junto com a filha, Verônica Allende Serra, por lavagem de dinheiro.

No total, são cumpridos oito mandados de buscas e apreensão em São Paulo e no Rio de Janeiro em endereços ligados a Serra e também ao empresário Ronaldo Cesar Coelho, que foi tesoureiro do PSDB.

Segundo a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal, entre 2006 e 2007, a Odebrecht teria pago a José Serra cerca de R$ 4,5 milhões para usar nas suas campanhas ao governo do Estado e cerca de R$ 23 milhões (atualizados em R$ 191,5 milhões), entre 2009 e 2010, para a liberação de créditos com a Dersa, estatal paulista extinta no ano passado, referentes às obras do Rodoanel Sul. Os pagamentos teriam sido feitos por meio de uma rede de offshores no exterior, para que o real beneficiário dos valores não fosse detectado.

A conta de offshore controlada por Verônica foi mantida até o final de 2014, quando o dinheiro foi transferido para outra conta de titularidade oculta, na Suíça. O MPF obteve autorização na Justiça Federal para o bloqueio de cerca de R$ 40 milhões em uma conta no país.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias