menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe

Agência Brasil

Notícias

“Senti muito medo”, diz paciente que se recuperou do coronavírus

Campinas tem 340 pessoas que conseguiram se recuperar da doença

Rose Guglielminetti, Band Mais

15h49 - 06/05/2020

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Gripe passa longe dele. Dor de cabeça? O que é isso? No senso comum, ele tinha uma saúde de ferro. Porém, de repente, se viu internado num leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) infectado pelo temido coronavírus. “Senti muito medo”. Assim, Gil Cleber, uma das 340 pessoas que ficaram doentes de covid-19, mas estão curadas, resume os sete dias que ficou internado num hospital privado em Campinas.

A gente fica com medo. Pensa na família, nos amigos, no trabalho. De repente, sua vida para!

Gil Cleber, paciente que se recuperou da covid-19.

Segundo ele, a internação só ocorreu porque sua irmã trabalha num hospital e devido à demora em melhorar, ela pediu para que ele fosse até a unidade hospitalar para ser examinado. “Eu estava doente, mas disseram para eu ficar em casa e só ir ao hospital se tivesse falta de ar. Mas minha respiração não se alterou. Só que quando fui ao hospital, meu pulmão estava comprometido. Já fiquei internado”, disse ele. Neste período, sua mulher também teve de ficar em isolamento domiciliar.

A melhor notícia, claro, foi a cura. “É bom demais receber a notícia da cura. Fui para casa, tomei alguns antibióticos e agora estou bem”, ressalta ele.

Gripezinha

Gil Cleber alerta sobre a gravidade da doença.

Tem muita gente que não acredita: a doença é grave e rápida. Em uma semana afetou o meu pulmão. Fiquem em casa, usem máscara e não abusem”

Gil Cleber

Casos

Nesta quarta-feira (06/05), Campinas tem 25 mortes e 423 casos confirmados da covid-19. Das pessoas adoecidas, 31 estão internadas e 27 estão em isolamento domiciliar.

O município investiga ainda 244 casos e 22 mortes suspeitas por coronavírus.

Foram descartados ainda 1.465 casos suspeitos.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade