menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Sinfônica faz concertos pela paz marcando um ano do atentado na Catedral

Tragédia deixou seis pessoas mortas na igreja

Band Mais

06h00 - 06/12/2019

Atualizado há 7 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas realiza nesta sexta-feira (6/12) e no sábado (7/12), às 20h, concertos especiais “In Memoriam a Um Ano da Tragédia na Catedral Metropolitana de Campinas”. A tragédia, que completa um ano na próxima quarta-feira (11/12), deixou 6 pessoas mortas – cinco assassinadas pelo atirador, que tirou a própria vida.

O evento promove a Cultura de Paz ao fazer da música um instrumento de fraternidade. Os concertos serão gratuitos.  

“Quero convidar a todos para as apresentações da Orquestra, que é o nosso símbolo maior da cultura. É como se fosse um concerto de paz, na própria Catedral. Compareçam com as suas orações, para que possamos ter mais paz na nossa sociedade e também para que o próximo ano seja abençoado”, disse o prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB).  

A regência dos concertos será do maestro Victor Hugo Toro. As apresentações contarão com as participações dos solistas convidados Gabriella Pace (soprano), Luisa Francesconi (mezzo soprano), Giovanni Tristacci (tenor) e Fellipe Oliveira (barítono), e dos grupos de canto Madrigal Vivace, Coro Contemporâneo de Campinas e Collegium Vocale Campinas.  

O repertório reunirá duas obras emblemáticas: a “Cantata 161”, de Johann Sebastian Bach, e o “Réquiem”, uma missa fúnebre de Wolfgang Amadeus Mozart, a última composição desse genial compositor. “Ambas são peças sacras fundamentais para a história da música clássica, pois trazem o espírito de conforto, recolhimento e serenidade”, destaca o maestro Toro.  

Participações especiais  

Os concertos “In Memorian” terão a participação da soprana Gabriella Pace, vencedora do Prêmio Carlos Gomes 2010. Das diversas personagens que já interpretou destacam-se Jenůfa, Fiordiligi, Menina das Nuvens, Ilia, Pamina, Tytania, Eurídice e Adina.

Frequentou vários festivais de música de câmara no Brasil e na Europa ao lado de grandes músicos como os pianistas Bengt Forsberg, Gilberto Tinetti e David Kadouch.  Gabriella iniciou os estudos com o pai, Héctor Pace, e foi aluna de Leilah Farah e Pier Miranda Ferraro. Atualmente aperfeiçoa-se com Sylvia Sass. Gravou o CD “Ciclo Portinari e Outras Telas Sonoras” do compositor brasileiro João Guilherme Ripper e a “Canção do Amor” de Villa-Lobos junto à OFMG pelo selo Naxos.

A mezzo soprano Luisa Francesconi também participará, com sua excepcional capacidade para a execução de coloratura, destacando-se no repertório rossiniano e mozartiano, ao interpretar papéis em óperas como Il Barbiere di Siviglia, L’Italiana in Algeri, Così fan Tutte e Don Giovanni. Fez a sua estreia internacional no Teatro Argentina, em Roma, no papel de Cherubino (Le Nozze di Figaro, Mozart). Gravou suas participações como solista na Nona Sinfonia (Beethoven) e no Réquiem Hebraico (Erich Zeisl), lançadas em CD pelo selo Biscoito Fino.  

O tenor Giovanni Tristacci também marcará presença nos concertos. Ele estudou em consagradas escolas de música, como a Chapelle Musicale Reine Elizabeth (Bruxelas, Bélgica), Centro de perfeccionamento Placido Domingo (Valência, Espanha) e Conservatorio del Liceu (Barcelona, Espanha). É bacharel em música pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.  

Outro convidado é o barítono Fellipe Oliveira, residente na Europa desde 2006, fez Escola de Ópera e Mestrado em Performance Vocal (Repertório Sinfônico e de Câmara) na Royal Scottish Academy of Music and Drama em Glasgow, na Escócia, hoje chamada Royal Conservatoire of Scotland. Além disso, foi um dos ganhadores da Dewar Arts Awards em 2007 e 2008, prêmio em forma de bolsa de estudos concedido pelo Parlamento Escocês.  Atualmente, Fellipe aperfeiçoa-se na renomada Academia de Belcanto, com Mirella Freni, em Modena, na Itália.

  Serviço:Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas concertos “In Memoriam”Regente: Victor Hugo Toro Solistas: Gabriella Pace (soprano), Luisa Francesconi (mezzo soprano), Giovanni Tristacci (tenor) e Fellipe Oliveira (barítono). Grupos: Madrigal Vivace, com a regente Vasti Atique; Coro Contemporâneo de Campinas, regente Ângelo Fernandes; Collegium Vocale Campinas, com o regente Akira Kawamoto Quando: dias 6 e 7 de dezembro, sexta-feira e sábado, às 20h. Local: Catedral Metropolitana de Campinas (Praça José Bonifácio, s/n, Centro) Entrada gratuita

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade