menu 25-anos
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Sorocaba confirma 190 casos de dengue

Cidade enfrenta epidemia da cidade

Band Mais

10h12 - 11/02/2020

Atualizado há 1 mês

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Sorocaba registrou 190 casos confirmados de dengue (140 autóctones, 47 importados e 3 indeterminados) e 5 de chikungunya (3 autóctones e 2 importados), de acordo com dados de Boletim Epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (10/02) pela Secretaria da Saúde da Prefeitura de Sorocaba. Não há casos de febre amarela e zika. Em boletim anterior, divulgado em 3 de fevereiro, neste ano, eram 104 casos confirmados de dengue e, na mesma data, foi anunciado que a cidade está em estado de epidemia.

De acordo com informações, os bairros com mais ocorrências de casos são os localizados nas áreas de abrangência das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Rodrigo, Simus, São Bento e Angélica. No entanto, todas as áreas do município apresentaram casos positivos de dengue em 2020.

Para o secretário da Saúde, Ademir Watanabe, a participação da população é essencial para combater o mosquito. “O Poder Público não poupa esforços para eliminar os criadouros do Aedes aegypti. Estamos trabalhando de segunda a sábado e contratamos um terceiro caminhão para realizar o “arrastão” de objetos que acumulam água. Precisamos que as pessoas se conscientizem sobre a importância de eliminar o vetor desta doença”, alerta.

DIA D

No sábado (8), a Prefeitura de Sorocaba realizou o Dia D de combate à dengue. Foram removidos 2.170 kg de criadouros e visitados 1.842 imóveis. A força-tarefa ocorreu nos bairros Jardim Rodrigo, Marcelo Augusto e Luciana Maria, áreas com mais casos de dengue. O evento também contou com ações educativas em 20 pontos da cidade, com a colaboração de aproximadamente 300 servidores na distribuição de panfletos informativos sobre a dengue e na emissão de mensagens sobre o combate do mosquito, com faixas e bandeiras nos semáforos de Sorocaba.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade