menu 25-anos
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

Sorocaba tem três casos suspeitos de Coronavírus

As três pessoas estão bem e mantidas em isolamento domiciliar

Band FM

17h46 - 06/03/2020

Atualizado há 21 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

A Secretaria da Saúde (SES) da Prefeitura de Sorocaba, por meio da Vigilância Epidemiológica, recebeu nesta sexta-feira (06/03) a notificação de três casos suspeitos de coronavírus (COVID-19). Tratam-se de três moradores de Sorocaba, sendo um do sexo feminino, de 59 anos, e um masculino de 36 anos, ambos com histórico de contato com paciente suspeito da doença. O terceiro suspeito, também masculino, de 36 anos, tem histórico de viagem para a Espanha. Todos apresentaram febre acompanhada de sintomas respiratórios leves.

De acordo com dados da Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Sorocaba, os suspeitos foram atendidos em hospitais de Sorocaba, locais onde foram respeitados todos os critérios de higiene/etiqueta respiratória. Os três encontram-se bem e mantidos em isolamento domiciliar. As amostras para exames já foram coletadas e enviadas ao Instituto Adolf Lutz (IAL). As famílias dos pacientes foram orientadas sobre as medidas preventivas de contato.

Ainda não há previsão do resultado. Vale ressaltar que os suspeitos serão monitorados diariamente pela Vigilância Epidemiológica até o resultado dos exames.

Dicas de prevenção

– Lavagem frequente das mãos com água e sabão ou o uso de álcool-gel (dispor de recipientes com este produto em vários locais do ambiente escolar/trabalho);

– A lavagem das mãos deve ocorrer sempre antes das refeições e após uso de sanitários. O tempo de lavagem deve ser de 20 segundos e respeitando técnicas de lavagem de mãos (5 momentos);

– Cobrir a boca e narinas ao tossir ou espirrar; usar preferencialmente lenços descartáveis;

– Evitar tocar olhos, narinas e boca;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Não compartilhar copos, talheres, toalhas;

– Havendo sintomas respiratórios com febre, procurar atendimento médico e tomar as medicações prescritas adequadamente;

– Pessoas com sintomas respiratórios devem permanecer afastadas de ambiente de trabalho ou estudo durante o período sintomático (de acordo com avaliação médica);

– Os pais/responsáveis devem manter as crianças doentes em casa, especialmente em vigência de febre, vômitos, diarreia ou tosse severa;

– Reforçar aos pais sobre a necessidade de uma alimentação saudável, rica em frutas, legumes e verduras, sobre a necessidade de horas de sono adequadas para a idade e atividade física regular;

– Manter ambiente sempre limpo e arejado; Dar preferência a atividades em ambientes arejados;

– Lavar e desinfetar os banheiros no mínimo 2x/dia usando solução clorada; Desinfetar pisos, paredes, bancadas, balcões, pias, louças sanitárias;

– Evitar o uso de ar-condicionado;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência. Usar solução clorada ou alcoólica;

A Organização Mundial de Saúde (OMS) não recomenda uso de máscaras de rotina para pessoas saudáveis na comunidade. O uso de máscaras cirúrgicas é recomendado apenas para pessoas com sintomas respiratórios.

Cida Haddad/ Eko Digital

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

relacionadas

publicidade
publicidade
publicidade