menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

SP muda critério de UTI e facilita reabertura do comércio no Estado

Taxa de internação passou de 60% para 75%

Rose Guglielminetti, Band Mais

14h40 - 27/07/2020

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Chamada de “calibragem técnica”, o governo de São Paulo anunciou nesta segunda-feira (27/07) alteração nas regras de ocupação de leitos de UTI que vai faciliar a reabertura do comércio no Estado.

Entre as mudanças está uma alteração no percentual mínimo necessário de ocupação de leitos de UTI por covid-19. A partir de hoje a taxa deverá ser menor do que 75% por 28 dias. Antes era exigida uma ocupação inferior a 60%.

Isso significa que as cidades que tenham esses índices de UTIs poderão avançar de fase. Além disso, serão levados em conta números absolutos de internações e mortes por 100 mil habitantes. No primeiro caso, a taxa de internação terá que ser menor de 40 e a de óbitos deve se de cinco.

“Nada muda no plano. O que há são alguns ajustes que permitem a classificação nas diferentes fases, principalmente amarela e verde”, disse Paulo Menezes, coordenador do Centro de Contingência da Covid-19 em São Paulo.

O que se fala é que houve uma pressão muito grande por parte dos prefeitos que pediram a liberação dos leitos para atender outros pacientes como, por exemplo, os que tiveram cirurgias eletivas desmarcadas.

Hoje o Estado tem cerca de 9 mil leitos disponíveis.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias