menu 25-anos
facebook instagram
publicidade
publicidade
Compartilhe
Blog da Rose

SP tem queda de mortes e internações devido à covid-19 nas últimas duas semanas

Dados do Estado mostram redução de 8% nos óbitos e 2,5% em internações

Rose Guglielminetti, Blog da Rose

13h18 - 03/08/2020

Atualizado há 2 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

O Estado de São Paulo registrou queda no número de mortes e de internações devido à covid-19, sendo 8% e 2,5%, respectivamente, nas últimas duas semanas.

Dados do governo divulgados nesta segunda-feira (03/08) apontam que na semana de 19 a 25 de julho foram registradas 1.870 mortes. Já entre os dias 26 de julho e 1º de agosto, a quantidade de óbitos ficou em 1.719, representando 150 vítimas fatais a menos.

Já em relação às internações, entre os dias 19 e 25 de julho foram internadas 12.874 pessoas e na semana seguinte, os números foram de 12.551, uma queda de 2,5%.

No interior também há quedas. Os dados mostram que houve uma redução de 1% na internação e 5% nos óbitos. O interior representa ainda 57% de mortes em relação ao Estado. Na região de Piracicaba, por exemplo, a taxa de internação está em 77% – índice considerado bom para o governo.

“É uma notícia importante e significativa que nos trazem esperança”, disse o governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

Segundo o secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, a redução se deve ao reforço na capacidade hospitalar feito com o aumento de leitos de UTI e de respiradores. Hoje o Estado tem 8,4 mil leitos de UTI e 2,4 mil respiradores.

Ele também ressaltou a testagem em massa para detecção de coronavírus. “Atingimos hoje 1,5 milhão de testes. Nosso nível é similiar a países como Alemanha que testavam 23 mil pessoas por dia”, disse ele.

Os representantes dos governos ressaltaram a importância de manter ações como uso obrigatório de máscaras e de álcool em gel e distanciamento social.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

 
publicidade
publicidade
publicidade