publicidade
publicidade
Compartilhe
Notícias

STJ manda soltar o assassino de Mércia Nakashima

Mizael Bispo deixou o presídio após decisão, por fazer parte do grupo de risco do coronavírus

Band Mais

07h13 - 27/08/2020

Atualizado há 6 meses

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Na noite da última terça-feira (25), o Superior Tribunal de Justiça (STJ) colocou na rua o ex-policial militar e advogado Mizael Bispo, assassino da ex-namorada Mércia Nakashima. O STJ tomou a decisão pelo condenado fazer parte do grupo de risco de se infectar pelo coronavírus.

Ele estava preso na Penitenciária de Tremembé, no Vale do Paraíba, em São Paulo. A decisão do STJ é temporária e o mérito será julgado pelo colegiado de ministros em 40 dias.

Mizael Bispo foi condenado a 22 anos e oito meses de reclusão por ter assassinado a ex-namorada, Mércia Nakashima em 2010. O ex-policial baleou a mulher e sumiu com o corpo, que foi encontrado dentro de seu carro, na represa de Nazaré Paulista, na Grande São Paulo. A investigação do caso levantou que ele matou a ex por não aceitar o fim do relacionamento.

0 Comentário

publicidade
publicidade
publicidade
Mais notícias