menu 25-anos
facebook
publicidade
publicidade
Compartilhe
Esporte

Técnico Bernardinho abre mão do salário para manter o time do Sesc

A equipe feminina teve 40% de redução salarial, enquanto a masculina foi extinta

Esportes

20h27 - 20/05/2020

Atualizado há 14 dias

Compartilhe whatsapp facebook linkedin

Na noite desta quarta-feira (20), o técnico Bernardinho revelou durante a live do Projeto Seu Esporte, que abriu mão de todo o seu salário como líder da equipe feminina do Sesc, para que o time fosse mantido.

Com a Superliga cancelada neste ano, por causa do coronavírus, o Sesc extinguiu a equipe masculina e reduziu em 40% os ganhos do time feminino.

“Se tiver que vender meu carro, vou vender meu carro. Essa é minha paixão. Não quero que o projeto morra porque tem que me pagar também. Nesse primeiro momento não tem orçamento para pagar. É assim. Então eu não posso deixar de pagar as meninas. Como é que eu posso negociar algo com elas se eu não dou o exemplo?”, disse o treinador.

Nos bastidores do vôlei, comenta-se que Sesc e Flamengo irão se fundir para a próxima edição da Superliga, em 2021.

0 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios.

publicidade
publicidade
publicidade